• Gestor Comunicador

Como construir uma boa rede de relacionamento interno?


Desenvolver uma boa rede de relacionamento interna exige que os líderes exercitem seu Autoconhecimento e Conhecimento Comunicacional. Para isto, não basta apenas o conhecimento técnico sobre o negócio, é necessário que o gestor tenha uma visão em grande angular desta rede amálgama chamada empresa, que cruza pessoas, valores, ideais e sonhos.


Quando nos referimos à Rede de Relacionamento Interno, em pleno fervor do mundo digital, não fazemos uma associação direta com intranet, emails, Whats, etc. Mesmo parecendo que estamos na contramão da tecnologia, nossa crença está alicerçada na comunicação direta, face a face, olho no olho, a cem por cento de humanização do processo de comunicação interna. Em muitos casos a tecnologia será uma ferramenta para encurtar distâncias e agilizar este movimento, mas apenas uma ferramenta.

Assuntos relacionados: Assista ao vídeo da Oitava Dimensão do Gestor Comunicador - Rede de Relacionamento Interno

Humanização no processo

Cem por cento de humanização do processo significa ser respeitoso com a origem da informação circulante, valorizando-a em suas diversas nuances, pois onde há fogo há fumaça. E, para evitar que haja um incêndio antecipe-se na contextualização e/ou entendimento dos fatos mais importantes que estão no topo da lista na tradicional “rádio corredor”. Absorva os contatos internos como aprendizados constantes.

Cada público que o gestor se relaciona dentro da organização gera um tipo de aprendizado em toda a cadeia organizacional. Portanto, não circule apenas em sua área de negócio e esteja aberto a toda e qualquer informação que chega até você.

100% de Presença

Crie distintas experiências nas relações de Construção do Conhecimento, adotando um comportamento cotidiano que elimine a força do ego e distinga amizades, parcerias, coleguismo e relações hierárquicas, com a máxima humildade. Esteja “inteiro” no momento da comunicação, utilizando seus sentidos como os principais aliados do processo comunicacional. Esteja de corpo e mente presentes quando alguém falar com você. Ouça as informações sem julgamento. Simplesmente ouça e não interrompa a outra pessoa enquanto ela não concluir; processe o que está sendo dito e somente no final da argumentação faça perguntas que o auxiliarão a entender melhor o que está sendo informado.

Contextualização dos Fatos

Lembre-se: utilize o “PORQUE” apenas na contextualização dos fatos, ou seja, ao explicar algo. Quando o inverso acontecer, e você for solicitado a ouvir uma informação, questione o seu interlocutor aliando-se a palavras que lhe proporcionem a verdadeira dimensão dos fatos.

Por exemplo: um colaborador comunica a você que a sala de controle de TI está em pânico e que todo o sistema foi prejudicado. Como culturalmente as pessoas têm a tendência às generalizações, é importante reduzir esta informação para o nível de sua realidade, provocando o interlocutor com perguntas que o auxiliem a traduzir a verdadeira amplitude do fato: “Especificamente qual dos quatro níveis da sala de controle está em pânico? Precisamente qual dos programas foi atingido? Dos cem programas apenas 10 foram corrompidos. O que será necessário para controlarmos que este vírus faça mais estragos?” Desta forma, o gestor vai auxiliando seu interlocutor a focar na verdadeira dimensão do problema, sem buscar culpados ou ansiedade excessiva por superdimensionar o fato.

Absorva sua rede de relacionamento interna

Absorver os contatos de sua Rede de Relacionamento Interna como aprendizados constantes, criará distintas experiências diárias nas relações organizacionais e garantirá a humanização no cenário corporativo. Relacionamentos saudáveis são importantes em toda a organização. Se, de alguma forma algo nos incomoda em outro setor ou em outra unidade, criando uma certa indisposição entre as relações diárias, é necessário que façamos uma autocrítica e busquemos o entendimento destas sensações por meio do nosso autoconhecimento, porque sem dúvida alguma, as barreiras que encontramos no(s) outro(s), são limitações e dificuldades que nós possuímos em nossas próprias atitudes e crenças”.

Assine nossa lista de e-mails e receba conteúdos exclusivos do Gestor Comunicador:

http://bit.ly/ContatoGC

Clique aqui e conheça as dez dimensões do Gestor Comunicador

#redederelacionamentointerno #relacionamentointerno #comunicaçãointerna #comunicaçãointerpessoal #comunicaçãoassertiva #conhecimentocomunicacional #autoconhecimento #dezdimensões

0 visualização

© 2019 por Adequá Comunicação Estratégica

Metodologia interdisciplinar e multinível que organiza, estrutura, sistematiza e mede o Processo de Alinhamento da Gestão das Organizações, a partir de duas Matrizes - Matriz Individual e Matriz Corporativa - e de 10 grandes Dimensões que, integradas, preparam a liderança como principal canal de disseminação do conhecimento.

  • White Facebook Icon
  • White LinkedIn Icon
  • White YouTube Icon
  • White Instagram Icon

Metodologia

Av. Taquara, 98 - conj. 502 - Porto Alegre/RS

contato@gestorcomunicador.com.br

+55 51 3028 3427

+55 51 99993.7774

Quem Somos